Lomadee

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Fúria de Titãs 2 (Clash of the Titans 2)





Poster do filme Fúria de Titãs 2
  • Clash of the Titans 2

  • Gênero: Ação, Aventura e Fantasia
  • Duração: 99 min.
  • Origem: Estados Unidos
  • Estreia: 30/03/2012
  • Estreia em DVD: 02/08/2012
  • Direção: Jonathan Liebesman
  • Roteiro: Dan Mazeau, David Leslie Johnson
  • Distribuidora: Warner Bros.
  • Censura: 12 anos
  • Ano: 2012

Opinião do Dj alma: É um bom filme de aventura baseado em mitologia grega (nem tanto) que por sinal sou muito fã. Atores renomados e boas cenas de ação. Está no nível do primeiro apesar da mistureba de personagens.

Nota do Dj alma: Nota 8,0;

Sinopse

A trama começará dez anos depois do primeiro filme. Após derrotar o monstro Kraken, Perseu (Sam Worthington), o semideus filho de Zeus (Liam Neeson), tenta levar uma vida calma de pescador e criar sozinho o seu filho de dez anos, Helius. Enquanto isso, uma luta por supremacia opõe os deuses, enfraquecidos pela falta de crença dos homens, e os titãs, liderados por Cronos.


Perseu não pode mais ignorar a sua participação nessa luta, quando Hades (Ralph Fiennes) e Ares (Édgar Ramírez) fazem um trato com Cronos para capturar Zeus. O poder dos titãs aumenta à medida em que Zeus perde os seus, e o inferno do Tártaro, onde os titãs eram mantido preso, periga se alastrar pela Terra. Resta a Perseu - ao lado de Andrômeda (Rosamund Pike), o semideus Agenor (Toby Kebbell) e o deus caído Hefesto (Bill Nighy) - invadir o submundo, resgatar Zeus e salvar o mundo.

Veja também:


Crítica

Chorai, amantes da mitologia grega, pois suas preces não foram atendidas. A sequência de Fúria de Titãs certamente melhorou se comparada ao longa de 2010, mas a franquia continua sendo uma heresia. Inovações que não deram certo, atuações constrangedoras, maquiagem inadequada e uma compilação absurda de personagens, monstros e histórias que, entre si, pouca conexão tem.
Embora não tenha seres de outras mitologias, como krakens, invadindo o mundo grego, a película  nos presenteia com uma miscelânea de monstros deslocados dos seus contextos: para entrar no Hades é necessário passar pelo labirinto do Minotauro (um ser que é geneticamente, e não literalmente, meio humano, meio bovino). Outros seres como Machai e Quimera, apesar de terem ganhado um tratamento digital primoroso, não passam de meros peões de batalha. Aliás, como se não bastassem serem mostrados como reles monstros de estimação, ainda somos expostos cruelmente a um roteiro sadicamente pedagógico: após uma sequência de imagens onde a Quimera solta fogo para todos os lados, surge o gênio Perseu que comenta, do alto de sua magnificência cognitiva, algo como: “Cuidado! Ela cospe fogo!”.
De fato, os deuses gregos sofriam das mesmas paixões que os humanos, ou seja, eram vaidosos, ciumentos, egoístas... mas isso não é premissa suficiente para distorcer a mitologia. Hades não foi obrigado a habitar o Tártaro (ou o Hades como um todo), pois foi incumbido de cuidar desse local por sorteio. Quando Zeus resolve vingar-se do seu pai, Cronos, ele acaba por libertar os irmãos que haviam sido engolidos pelo titã. Essas duas distorções são suficientes para entender por que, à certa altura do desenvolvimento da trama, Hades parece já não saber a motivação dos seus atos.
O problema com a motivação de Hades, que talvez seja o menor dos erros, se posta ao lado de um Zeus enfraquecido que precisa de orações para ter poderes (enquanto Hades, mesmo menos popular do que seu irmão caçula, continua forte) e de um envaidecido Ares que, com toda a imortalidade nas mãos, pode se dar ao luxo de sentir ciúmes do irmão meio-humano. Isso tudo sem levar em conta o quão fraco um titã que lutou durante mais de dez anos antes de ser aprisionado, de repente, é derrotado por um semideus montado em um cavalo alado. Deixando os inúmeros erros de lado, podemos então nos revoltar com outros detalhes.
Sam Worthington e Liam Neeson reprisam seus papéis da mesma forma que no primeiro filme: o primeiro sem cativar (mesmo sendo o herói da história) e o segundo sem realmente parecer Zeus (tanto em aparência quanto em essência). Ralph Fiennes, no que talvez seja a única grande escolha decente do elenco, desempenharia primorosamente seu papel caso não fosse constantemente podado pelo roteiro medíocre. Édgar Ramírez, o Ares, oscila entre reles guerreiro e poderoso deus em potencial, uma vez que sua aparência não evoca nada que lembre um deus da guerra, embora deva ser reconhecido o seu esforço para fazer aflorar um caráter de Ares. Toby Kebbell (Agenor) consegue neutralizar os erros de quase todas as cenas em que aparece, tanto por seu excelente desempenho, quanto pelo alívio cômico. Já Rosamund Pike, mesmo sem uma performance espetacular, interpreta uma mulher de punho forte com grande desenvoltura, embora fosse facilmente prejudicada pela maquiagem que se esforçou para mostrar o quão irreais são belos cabelos e pele limpa em um campo de batalha.
Fúria de Titãs 2 foi um filme concebido para ser admirado, afinal, não é fácil destruir uma mitologia de forma tão primorosa e sem pressupostos condizentes. O único mérito de Jonathan Liebesman foi o de reproduzir a magia e o espetáculo visual do seu Invasão do Mundo: Batalha de Los Angeles, onde, embora não haja explicações e alienígenas nos são empurrados esôfago abaixo, são mostradas batalhas de uma estética visual ímpar, ao nível dos robôs gigantes de Michael Bay (belíssimos, porém desprovidos de conteúdo racional). Será que podemos nos preparar para o pior com o vindouro Ninja Turtles (Tartarugas Ninjas)?

Curiosidades

  • A sequência de Fúria de Titãs (2010) não foi filmada em 3D. Segundo o diretor, Fúria de Titãs 2 foi convertido na pós-produção, assim como o primeiro filme.

Elenco

  • Édgar Ramírez
  • Alex Claus
  • Danny Huston
  • Jimi James
  • Lamberto Guerra
  • Lily James
  • Matt Milne
  • Ralph Fiennes
  • Reg Wayment
  • Rosamund Pike
  • Toby Kebbell



Imagens e Fotos

  • Imagem 1 do filme Fúria de Titãs 2
  • Imagem 2 do filme Fúria de Titãs 2
  • Imagem 3 do filme Fúria de Titãs 2
  • Imagem 4 do filme Fúria de Titãs 2
  • Imagem 5 do filme Fúria de Titãs 2
  • Imagem 6 do filme Fúria de Titãs 2
  • Imagem 7 do filme Fúria de Titãs 2
  • Imagem 8 do filme Fúria de Titãs 2
  • Imagem 9 do filme Fúria de Titãs 2
  • Imagem 10 do filme Fúria de Titãs 2
  • Imagem 11 do filme Fúria de Titãs 2
  • Imagem 12 do filme Fúria de Titãs 2
  • Imagem 13 do filme Fúria de Titãs 2
  • Imagem 14 do filme Fúria de Titãs 2
  • Imagem 15 do filme Fúria de Titãs 2
  • Imagem 16 do filme Fúria de Titãs 2
  • Imagem 17 do filme Fúria de Titãs 2
  • Imagem 18 do filme Fúria de Titãs 2
  • Imagem 19 do filme Fúria de Titãs 2
  • Imagem 20 do filme Fúria de Titãs 2

Assistir Trailers e Comerciais

  • Trailer 1 do filme Fúria de Titãs 2
  • Trailer 2 do filme Fúria de Titãs 2
  • Trailer 3 do filme Fúria de Titãs 2
  • Trailer 4 do filme Fúria de Titãs 2
  • Trailer 5 do filme Fúria de Titãs 2



Notícias Relacionadas


Fúria de Titãs 2: Vídeo mostra detalhes do monstro Quimera
Fúria de Titãs 2: Vídeo mostra detalhes do monstro QuimeraPublicada em 22/03/2012Fúria de Titãs 2 , sequência do filme de ação e aventura Fúria de Titãs , apresenta aos espectadores batalhas que...

Fonte: Cinema 10


Nenhum comentário:

Postar um comentário