Lomadee

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Prometheus


Prometheus
AdoroCinema
 
 4,0
Imprensa
 
 3,1
Leitores
 
 
Opinião Dj alma: O filme é dígno da marca Ridley Scott. É muito emocionante e cheio de reviravoltas e efeitos pauleiras. Para quem curtiu a franquia alien como eu adorei a origem do 8º Passageiro. 

Nota do Dj alma: 9,0;

Sinopse e detalhes

2089. Elizabeth Shaw (Noomi Rapace) e Charlie Holloway (Logan Marshall-Green) são exploradores que encontram a mesma pintura em várias cavernas na Terra. Com base nisto, eles desenvolvem uma teoria em que a pintura aponta para um lugar específico do universo, que teria alguma relação com o início da vida no planeta. A dupla convence um milionário, Peter Weyland (Guy Pearce), a bancar uma cara expedição interestelar para investigar o assunto. Desta forma, Elizabeth e Charlie entram para a tripulação da nave Prometheus, composta pelo robô David (Michael Fassbender), a diretora Meredith Vickers (Charlize Theron), o capitão Janek (Idris Elba), entre outros. Todos, com exceção de David, hibernam em sono criogênico até que a nave chegue ao objetivo, o que acontece em 2093. Encantados com a descoberta de um novo mundo e a possibilidade de revelarem o segredo da origem da vida na Terra, Elizabeth e Charlie não percebem que o local é também bastante perigoso.

Fonte e Críticas: AdoroCinema Prometheus

4,0
De volta ao espaço

Ridley Scott fez muita falta no mundo da ficção científica. Passados 30 anos desde Blade Runner, o Caçador de Andróides e 33 desde Alien, o 8º Passageiro, o diretor retorna ao gênero comPrometheus. Mesmo contando com alguns problemas sérios, que serão tratados à frente, é inegável que o longa é bem superior a tudo que tem surgido envolvendo viagens no espaço e espécies alienígenas nos últimos anos.

O filme chegou a ser vendido como um prelúdio do primeiro Alien. De certa forma, é isso mesmo, se passa no mesmo universo, mas anos antes. O espectador, no entanto, não deve ir conferir a obra esperando por inúmeras referências ao clássico de 79. Um dos principais méritos de Scott foi investir em uma narrativa original e independente, e também por não se repetir. Alien começa de forma sombria e leva muito tempo para apresentar seu "monstro" e revelar sua protagonista (Sigourney Weaver, que na primeira metade é quase que uma coadjuvante). Na nova produção, o diretor diz logo a que veio, mostrando de cara seu alienígena e, pouco depois, sua protagonista (Noomi Rapace, em uma ótima atuação).

Nos últimos anos, Ridley Scott pecou muitas vezes pela falta de pretensão, optando por caminhos mais fáceis em produções como Robin HoodRede de MentirasUm Bom Ano e Cruzada. Isso não quer dizer que tais obras sejam ruins, mas sim que possuem poucos inícios de uma autoria. Agora, o cineasta foge do lugar-comum, sendo pretensioso até falar chega. O longa começa com belas paisagens acompanhadas de uma trilha sonora clássica, remetendo aos clássicos 2001 - Uma Odisséia no Espaço e Solaris, e também ao recente A Árvore da Vida. A fórmula "imagens a serem contempladas + música clássica" funciona e torna Prometheus um espetáculo interessante de ser conferido. O problema é que Scott não é nenhum Terrence Malick e está a anos-luz de ser Andrei Tarkovski ouStanley Kubrick. Assim, as belas imagens quase se perdem no momento que o filme tenta refletir e levantar questões.

Como longa de ficção científica, Prometheus é quase perfeito. Conta com ótimos efeitos especiais, com um elenco em total sintonia e com criaturas misteriosas e interessantes, isso sem falar no suspense bem construído e nas cenas de ação extraordinárias. Então, qual seria o problema? É justamente a superficialidade de seu discurso. Na história, uma equipe de exploradores descobre novos indícios sobre a origem do homem. Em busca de respostas, juntam-se a tripulação de uma nave, patrocinada por um executivo, para seguir um mapa estelar que levaria a um possível contato com nossos criadores. Tudo isso acontece no final do século XXI.

Tentando reescrever o Velho Testamento, o filme é muito raso em sua discussão religiosa, preocupando-se apenas em levantar o eterno debate entre fé e ciência e utilizar simbolismos (e símbolos) baratos, como o crucifixo que acompanha a personagem de Rapace. A dica é para que o espectador aguente o blá blá blá religioso de Scott e foque sua atenção nos méritos da produção, que são muitos.

Noomi Rapace tem sua melhor performance desde que desembarcou em Hollywood. É curioso notar que ela tem quase que a mesma presença em cena que no sueco Os Homens que Não Amavam as Mulheres, não precisando repetir o visual pesado e quase assustador de Lisbeth Salander. Ela entrega uma atuação intensa, em que sua fragilidade aparente cede lugar a uma força e um instinto de sobrevivência impressionantes. O melhor com relação à personagem é o fato de não ser uma nova tenente Ripley.

Quem também merece um destaque no elenco é Michael Fassbender, que dá vida ao personagem mais enigmático da trama (mais até do que os alienígenas). Ao contrário de Alien, aqui não há mistério com relação a existência de um robô dentro da tripulação, mostrando mais uma vez a intenção do diretor de não se repetir. Desde o início sabemos que o personagem de Fassbender não é um humano, mas isso não significa que ele passe a ser transparente por causa disso. Seu David é mais sagaz e irônico que o Ash de Ian Holm no original, e ainda chega a cativar o publico diante do dilema de parecer humano, mas não ser. Nesta questão, lembra um pouco A.I. - Inteligência Artificial. O desenvolvimento do robô é extraordinário, principalmente nos momentos em que busca compreender a humanidade através de filmes como Lawrence da Arábia.

Charlize TheronIdris ElbaPatrick WilsonLogan Marshall-Green e Guy Pearce (irreconhecível) completam o elenco e se saem muito bem. Theron interpreta a representante da empresa que patrocina a expedição e surpreende por sua insegurança (proposital), que faz um contraponto interessante com a postura imponente em que aparece em cena. Elba é o tradicional capitão do barco (no caso, da nave), estando presente para volta e meia soltar um clichê ou atuar heroicamente.

Prometheus é um deslumbre técnico, contando com um trabalho de mixagem de som e efeitos sonoros merecedores de aplausos. Se assistir ao longa em um cinema de qualidade, é provável que sinta a sala tremer em alguns momentos. Os efeitos especiais também impressionam e fazem das cenas de ação momentos memoráveis e assustadores. Está longe (muito longe) de ser um filme de terror, como alguns apontaram, mas sem dúvida é eficaz na construção de um suspense.

Como abordei acima, quem for assistir não deve ficar preocupado em procurar referências à franquia Alien. Mas isso não significa que elas não existem. O título do longa é revelado da mesma forma e alguns elementos de uma nave vista aqui também estão presentes naquela abandonada repleta de ovos do primeiro filme. E o tal "oitavo passageiro", também está aqui? Para saber isso, é melhor assistir.

Posters

  • Prometheus : poster
  • Prometheus : poster
  • Prometheus : poster
  • Prometheus : poster
  • Prometheus : poster
  • Prometheus : poster
  • Prometheus : poster
  • Prometheus : poster
  • Prometheus : poster
  • Prometheus : poster
  • Prometheus : poster
  • Prometheus : poster
  • Prometheus : poster

Diretores

Atores e atrizes

Shaw's father

Fotos do filme

  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto Idris Elba
  • Prometheus : foto Charlize Theron
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto Michael Fassbender
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto Rafe Spall
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto Michael Fassbender
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto Noomi Rapace
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto Michael Fassbender
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto Charlize Theron
  • Prometheus : foto Michael Fassbender
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto Noomi Rapace
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto
  • Prometheus : foto Logan Marshall-Green, Michael Fassbender, Noomi Rapace
  • Prometheus : foto Charlize Theron, Idris Elba
  • Prometheus : foto Noomi Rapace
Curiosidades, bastidores, novidades, e até segredos escondidos de "Prometheus" e das filmagens!

A origem do filme

Desde o começo do projeto, a ideia era que o Prometheus fosse um prelúdio (dividido em duas partes) da franquiaAlien, inidicada em 1979, dirigida pelo mesmo Ridley Scott.

Mudança nos planos

Scott e o estúdio 20th Century Fox começaram a discordar em relação ao elenco porque a empresa um astro de Hollywood protagonizando, enquanto o diretor preferia um equipeo multicultural. 

DNA de Alien

Com os problemas surgidos durante a fase de pré produção, o cineasta preferiu optar por transformar o filme em algo independente, mas segundo ele continuará tendo  "o DNA de Alien".

História do filme

O diretor fez questão de manter a história do filme guardada em segredo, revelando aos poucos, através de teaser (pequenos trailers) algumas imagens e possíveis detalhes da produção.

Briga pelo personagem principal

As atrizes Angelina Jolie e Charlize Theron disputaram a personagem Meredith Vickers. No fim das contas, Charlize saiu-se vencedora e papou o papel.

Nomes e mais nomes para o elenco

Na fase de pré produção, vários nomes femininos surgiram nas notícias sobre o filme, comos os de Michelle Yeoh,Gemma ArtetonAnne HathawayCarey MulliganOlivia WildeNatalie Portman e Abbie Cornish.

Entre os atores, James Franco e Ben Foster tiveram seus nomes associados ao projeto em algum momento.

Por onde passou antes de chegar nos cinemas

Ridley Scott rodou parte de seu filme nos estúdios Pinewood, no Albert R. Broccoli 007 Stage, na Inglaterra.

As cenas aquáticas foram rodadas na Espanha, na Cidade da Luz, em Alicante.

O elenco e equipe técnica também passou ppor várias locações na Islândia e na Escócia.

Produção

Produtor
Produtor
Produtor Executivo
Produtor
Topo

Roteiro

Roteirista
Roteirista
Roteirista
Topo

Equipe técnica

Diretor de fotografia
Topo

Atividades empresas

Distribuição brasileira (Lançamento)
Distribuição no exterior (Lançamento)
Produção
Produção
Produção

Nenhum comentário:

Postar um comentário